Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


COMUNICADO - ISABEL II

por Causa Real, em 09.09.22

 

elizabeth-II.jpg

Isabel II, exemplar figura de Monarca, partiu.

Foi extraordinária no cumprimento do seu dever, demonstrando, no seu notável reinado de sete décadas, as qualidades ímpares do regime monárquico. Afirmou-se sempre como símbolo e garante da identidade, da soberania e da união do(s) seu(s) povo(s). A Causa Real envia sentidas condolências a toda a família real britânica, ao Reino Unido e aos vários Reinos enlutados bem como a toda a Commonwealth. Celebrando a continuidade institucional atributo da Monarquia, o movimento monárquico português deseja ainda ao Rei Carlos III um longo reinado, com certeza diferente, mas igualmente devotado ao serviço do(s) seu(s) povo(s). Que a evocação da majestade régia permaneça pedra angular da construção de uma vida coletiva pacífica e próspera!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comunicado - Portugal a arder até quando?

por Causa Real, em 05.09.22
 

incendio.jpg

É com enorme perplexidade e profunda revolta que a Causa Real assiste à tragédia que constituem, há muitos anos, os incêndios em Portugal, pois sempre foi seu apanágio a defesa da preservação de todo o património e, muito em especial, o ambiental.
Desde 2000 até 2021, segundo os dados da Pordata, já arderam em Portugal um total de 3.086.224 hectares, dos quais 1.504.065 de povoamentos florestais, 1.376.225 de matos e 205.933 de área agrícola. Muitos destes hectares, nestes 21 anos, arderam várias vezes. Agora juntam-se ainda mais de 100.000 hectares, só em 2022.
Números desta grandeza não podem deixar ninguém indiferente e a única atitude deveria ter sido e deve ser cuidar que não aconteçam.
Conhecidas as múltiplas causas e com vários estudos sobre possíveis soluções para os incêndios recorrentes, facto é que os portugueses continuam reiteradamente a sofrer na pele as feridas que deixam no nosso território e na nossa paisagem.
Se há questão grave que não pode ser arma de arremesso partidária e deve ser olhada como projecto nacional, sem as vistas curtas dos ciclos eleitorais, é a preservação e defesa do património ambiental, como tem repetidamente lembrado o Senhor Dom Duarte, chefe da Casa Real portuguesa.
Assim, a Causa Real desafia toda a sociedade civil para um grande debate, a realizar em Outubro, que possa unir os portugueses na procura e proposta das soluções prioritárias e exequíveis, com vista ao controle eficaz e, sobretudo, permanente deste flagelo.
A Causa Real manifesta ainda profunda gratidão a bombeiros e povo pela sua abnegada luta em defesa do que é de todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

coração.jpg

Recebido com as honras de Estado que lhe são dignas, transportado pelo mais alto representante da Câmara Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira enquanto guardião, a par da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora da Lapa, chegou a Terras de Vera Cruz esta inestimável relíquia, que representa um acto maior de amor daquele que foi o Rei Soldado e que desejou deixar o seu coração à Cidade Invicta.
Saibamos todos aprender com este gesto que um Rei é símbolo intemporal e maior de união dos Povos. Este ano em que se comemoram os 200 anos da Independência do Brasil ficou bem demonstrado o amor que os brasileiros têm por aquele que um dia imperou sobre o Brasil e dos milhares de portugueses que acudiram a honrar na Igreja da Lapa antes da sua partida.
Sirva este acto para aproximar cada vez mais os laços que unem portugueses e brasileiros, aproveitando para recordar a nossa História em comum elevando os nossos compromissos entre Povos numa convivência que passe pelo reforço da nossa Cultura, História e Cooperação a todos os níveis tendo como exemplo o primeiro dos brasileiros, Dom Pedro, capaz de amar Portugal e o Brasil colocando sempre os interesses dos seus Povos acima dos seus.
Serviu como Príncipe, Imperador, Rei e morreu como Duque de Bragança demonstrando que o seu único intento era o de servir.
Viva Portugal
Viva o Brasil
Viva o Rei

Autoria e outros dados (tags, etc)


Quem somos?

Bem vindo ao Blog daCausa Real, um contributo para discussão de um Portugal com futuro. A Causa Reall coordena, a nível nacional, o movimento monárquico, tendo como objectivo principal a promoção de uma alternativa política para Portugal.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D